NOTÍCIAS

Somos todos Guarda Patrimonial
04/09/2016 13:23
 

Uma coisa é certa: o policial ou bombeiro da ativa hoje será o  guarda patrimonial de amanhã. Por isso, pedimos a união de todos, ativos e inativos, para estarem presentes nesta segunda-feira (05.09) em mais um ato publico da Guarda Patrimonial. Será a partir das 14h em frente a sede da Secretaria de Defesa Social (SDS). Sem luta não há conquista!
“Queira Deus  que após nossos 30 anos de serviço não precisemos mais trabalha  mas, se precisarmos, que seja por um salário justo. Sabemos que muitos passam a trabalhar na Guarda devido aos baixos salários recebidos pelos inativos. A ASPRA espera que, em breve, todos os companheiros possam usufruir suas aposentadoria com suas famílias e não precisem maia trabalhar”, desabafa o presidente José Roberto Vieira. 
A Guarda atua na porta dos fóruns, Procons, Fundarpe,presídios. Profissionais capacitados e experientes que recenem menos de  menos que um salário mínimo.: “Somos homens e mulheres honrados que passamos mais que trinta anos de serviço e estamos ainda contribuindo com nossos serviços a sociedade pernambucana. A guarda patrimonial exige respeito” , conclui
 

Segunda tem Assembléia Geral dos Guardas Patrimoniais
02/09/2016 14:44
 

Uma coisa é certa: o policial ou bombeiro da ativa hoje será o  guarda patrimonial de amanhã. Por isso, pedimos a união de todos, ativos e inativos, para estarem presentes nesta segunda-feira (05.09) em mais um ato publico da Guarda Patrimonial. Será a partir das 14h em frente a sede da Secretaria de Defesa Social (SDS). Sem luta não há conquista!

“Queira Deus  que após nossos 30 anos de serviço não precisemos mais trabalha  mas, se precisarmos, que seja por um salário justo. Sabemos que muitos passam a trabalhar na Guarda devido aos baixos salários recebidos pelos inativos. A ASPRA espera que, em breve, todos os companheiros possam usufruir suas aposentadoria com suas famílias e não precisem maia trabalhar”, desabafa o presidente José Roberto Vieira. 
A Guarda atua na porta dos fóruns, Procons, Fundarpe,presídios. Profissionais capacitados e experientes que recenem menos de  menos que um salário mínimo.: “Somos homens e mulheres honrados que passamos mais que trinta anos de serviço e estamos ainda contribuindo com nossos serviços a sociedade pernambucana. A guarda patrimonial exige respeito” , conclui

 
Guarda Patrimonial faz greve de 24 horas
02/09/2016 00:57
 

A Guarda Patrimonial parou. Greve de 24 horas. A decisão foi tomada após um “chá de cadeira” de quase 40 minutos no Palácio do Governo, a comissão de policiais e bombeiros militares liderada pela Associação de Praças saiu sem resposta quanto a pauta de reivindicações entregue no mês passado. Insatisfeitos com a falta de respeito do Governo, a decisão foi pela paralização que ja começou.   

O presidente da ASPRA -PE, Jose Roberto Vieira garante que o movimento não é politico. “O fato é que estamos sendo explorados há anos e agora estão escalando os guardas para trabalhar nos presídios. Ganhamos uma gratificação inferior a um salario mínimo, enquanto vigilantes terceirizados chegam a ganhar R$ 4 mil. Cansamos de ser mão de obra barata”, desabafa Jose Roberto.
A Guarda Patrimonial iniciou o movimento de hoje na Assembleia Legislativa. De la, seguiram em caminhada pela Conde da Boa Vista até o Palácio do Governo. Essa é a segunda caminhada realizada pela categoria. A primeira foi no dia 11 de agosto, quando a ASPRA entregou uma pauta de reivindicações na Casa Militar. A promessa era de que até o dia 29 haveria resposta sobre o pleito.
Sem resposta do Governo Guarda Patrimonial pode parar as atividades
31/08/2016 18:50
 

E Sem resposta. Até o momento, os policiais e bombeiros militares que integram a Guarda Patrimonial continuam sem saber qual o futuro da categoria. O Governo do Estado prometeu que até o dia 29, daria resposta sobre a pauta de reivindicações entregue no início do mês. Passados dois dias, nem um telefonema, nada. Diante do silêncio, a Associação dos Praças de Pernambuco informa que  amanhã (01), os guardas voltam às ruas do Recife para mais um ato público. Concentração a partir das 11h da manhã na Assembleia Legislativa.

“Estamos decepcionados. O sentimento é de total falta de respeito a esses  homens que dedicaram suas vidas no combate a violência e que deveriam estar descansando em casa mas estão trabalhando justamente para ampliar a renda familiar, diante dos baixos salários dos PMs e BMs. O desejo dos guardas patrimoniais é de parar as atividades”, informa o.presidente da ASPRA, Jose Roberto Vieira.

Mais convênios para os associados ASPRA - PE
23/08/2016 09:41
 

Descontos de até 60% e preços promocionais em diversas instituições de ensino, parques temáticos, planos odontológicos e muitos mais! A Associação de Praças de Pernambuco (ASPRA - PE) vem fechando parcerias especialmente voltadas para policiais e bombeiros militares.

Ligue para (81) 3221-0374 ou (81) 3314 - 0374.


Se você tem alguma sugestão de empresa para fazermos parceria, entre em contato conosco!
 

Convênios:

 

Clube Fazenda Santa Luzia  
Faculdade Integrada de Pernambuco ( FACIPE)  
Ortoclin Plano odontológico  
L&L Peças e Acessorios  
Psicológa Drª Allayni Suene de Medeiros Vasconcelos Pires  
Sociedade de Educação Tiradentes (UNIT)  
Veneza Water Park  
Minds English School  
Mirabilândia Park  
Faculdade São Miguel  
HGU Planos de Saúde  
Unimed Saúde  
Faculdade Joaquim Nabuco  
Uninassau  
Faculdade Universo  

 
 

Dia 14 de setembro. Esta é a data da nova Assembléia Geral dos Guardas Patrimoniais. Será a partir das 11h da manhã. A decisão foi tomada na tarde de hoje (05.09) após ato realizado pela Associação de Praças de Pernambuco (ASPRA-PE) em frente da Secretaria de Defesa Social (SDS).

Os diretores da ASPRA- PE participaram de reunião com integrantes da SDS. Ficou acertado que deverá ser agendada uma reunião na Secretaria de Administração para tratar do assunto. “Temos uma mesa permanente de negociação e a meta é incluir a pauta da Guarda”, conta o presidente José Roberto Vieira.